Arquivo da tag: venda

Erros comuns que você deve evitar ao captar um imóvel


captaçãoA captação de imóveis é uma das coisas mais importantes e desafiadoras do setor de comércio imobiliário. Não é uma tarefa fácil conquistar um cliente proprietário, de modo que confie seu imóvel sob a responsabilidade de um corretor para que este venha a negociá-lo com terceiros.

É por isso que, hoje em dia, o corretor deve superar as funções mais básicas de apresentar o local e as informações sobre o imóvel e passar a dar ênfase nos conhecimentos extras, como os relacionados ao meio jurídico e de documentos, e no fortalecimento de suas relações com as duas partes envolvidas no negócio. Nesse aspecto, o bom corretor deve chegar antes da concorrência, aprendendo como não cometer os seguintes sete erros na hora da captação.

Descuidar de sua imagem

Muitas vezes, a primeira impressão é a que fica. Portanto, cultive uma boa aparência, com cabelos penteados, unhas limpas e de forma a se apresentar sempre bem-vestido. Tenha uma imagem positiva de si, e seu potencial de vendas e negociação aumentará. Acredite!

Não conhecer bem os clientes

É importante que o corretor ouça seus clientes e entenda as razões que os levaram a vender seus imóveis. Os clientes devem ser motivados a falar e, com isso, a confiar no corretor para quem vai entregar seu imóvel para ser negociado.

Estabeleça vínculos mais sólidos com sua clientela. Mantenha contatos mais pessoais. Para os novos clientes em potencial, envie cartas de apresentação; para os antigos fregueses, proprietários dos imóveis e compradores, sempre que possível atenda as chamadas telefônicas com prontidão.

Ser um profissional mal informado e desatualizado

Informar-se acerca das novidades de sua atividade profissional, legislações e notícias afins é uma obrigação. Além de ter assunto para rechear convenientemente as conversas, poderá ter mais qualificações para argumentar com clientes, funcionários e concorrentes.

Aparecer mais do que o imóvel

Quem vai comprar um imóvel está mais interessado na aquisição do bem do que saber de suas conquistas e qualificações pessoais. Portanto, não fique contando vantagem sobre si mesmo e foque no principal: a venda (ou o aluguel) do imóvel. O cliente que tem um imóvel precisa perceber que ele será o protagonista da negociação, e não o corretor. Afinal, a corretagem é apenas o “miolo” da negociação.

Não transmitir confiança

A captação de um imóvel junto ao seu proprietário é uma tarefa que tem como base uma relação de confiança mútua e através da qual o corretor deve mostrar-se preparado, dedicado e com o correto comprometimento e conhecimento para tal. O bom captador deve dar ao cliente uma perspectiva de que, com ele, as chances de realizar o negócio serão grandes e seguras.

Não saber avaliar o imóvel

Desde o início, o proprietário precisa estar informado sobre os valores que serão cobrados pelo imóvel. Ao menos de maneira aproximada, e as variações presumidas de preços.

Se esse bate-papo inicial ocorrer de forma transparente, esclarecedora e ética, quando o corretor demonstrar que entendeu bem os desejos de venda ou locação do proprietário, existem mais chances de ele contratar os serviços de corretagem.

Desistir facilmente da captação mais árdua

Não seja persistente em demasia com aqueles clientes que parecem difíceis ou que se mostram quase inacessíveis. Mas também não desista facilmente de captar tal imóvel. Utilize e-mail, mensagem de celular ou correio de voz para manter contato. Apenas não seja irritante ou inoportuno. Mantenha-se presente e sempre comunicativo, dentro do possível, sem exagerar para não criar descontentamentos.

E então, como está sua prática de captação? Alguns desses erros estão presentes em seu dia a dia? Não deixe de comentar!

Fonte:Blog Bemdireto

Revenda de imóvel na planta não gera cobrança de ITBI


Revenda de imóvel na planta não gera cobrança de ITBI

Por Tadeu Rover

itbiA promessa de cessão de direitos à aquisição de imóvel — quando o comprador de um imóvel na planta cede a futura propriedade para outro interessado, antes da entrega do bem — não é fato gerador de Imposto de Transmissão de Bens Móveis e Imóveis (ITBI). Seguindo esse entendimento o juiz José Vitor Teixeira de Freitas, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Santos, concedeu liminar para suspender a cobrança do imposto.

“A transmissão da propriedade imobiliária só se opera com o registro do título de transferência e que o fato gerador do ITBI se dá com a transferência efetiva da propriedade”, afirmou o juiz ao conceder a liminar. O ITBI é um tributo municipal, e tem sido normal a legislação de cada cidade prever sua incidência na cessão de direitos aquisitivos, responsabilizando, ainda, cartórios e incorporadores no caso do seu não recolhimento pelos compradores dos imóveis.

O juiz levou em consideração as alegações apresentadas pelo escritório Melcheds, que apresentou jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça com esse entendimento. Os advogados, citaram a decisão do STJ no Agravo Regimental no Recurso Especial 982.625, relatado pelo ministro Humberto Martins.

De acordo com o STJ, o fato gerador do ITBI é o registro imobiliário da transmissão da propriedade do bem imóvel, motivo pelo qual não incide referida cobrança sobre o registro imobiliário de escritura de resilição de promessa de compra e venda, contrato preliminar que poderá ou não se concretizar em contrato definitivo.

Segundo o advogado Roberto Rached, que atuou no caso, a decisão é importante, pois desonera a revenda de imóveis na planta. “É muito comum, por motivos pessoais ou financeiros, que compradores desistam do negócio antes do financiamento. Normalmente, o que vemos são os cartórios cobrando o ITBI na cessão dos direitos do primeiro para o segundo comprador, e também na outorga da escritura da incorporadora para o comprador final. Nós conseguimos provar que essa cobrança duplicada é injusta, o que abre precedentes para desonerar a revenda de imóveis na planta”, explica. “Com essa vitória, nós estamos confiantes de que podemos afastar cobranças de impostos indevidas para clientes corporativos e pessoas físicas”, afirma Rached.

Investimento no setor hoteleiro de BH – BRISTOL CENTER


Investimento no setor hoteleiro de BH vai muito além da demanda para a Copa do Mundo Construtoras de imóveis residenciais apostam no segmento e acreditam que há espaço para crescer com a capital se consolidando no turismo de negócios

 

 

testeHá mais de 10 anos não se via um hotel ser erguido em Belo Horizonte. Por ser um empreendimento caro, torna-se desafio emplacar um projeto. O cenário mudou temporariamente com a Lei Municipal 9.952, de 2010, voltada para a Copa do Mundo, que aumentou em até cinco vezes o potencial construtivo dos terrenos, tornando possível a ocupação de áreas nobres, inclusive, onde o preço do metro quadrado inviabilizava o investimento. A iniciativa que vai elevar a oferta de leitos para turistas chegou ao fim, mas as construtoras que enxergam além do evento esportivo já esperam uma nova oportunidade para ajudar a cidade a se consolidar como capital do turismo de negócios.

Somam-se hoje 34 empreendimentos hoteleiros em construção na cidade. “Vamos ter um ciclo novo de ofertas e a demanda vai se adequando a partir daí, mas os melhores hotéis vão manter uma boa performance mesmo depois da Copa do Mundo”, aposta o consultor estratégico na área de desenvolvimento de novos hoteis Maarten Van Sluys, da JR & MvS Consultores Especializados. O especialista acredita que prédios modernos, bem localizados e com preço convidativo devem atrair hóspedes sem depender da movimentação gerada por grandes eventos. Os hotéis antigos, por outro lado, poderão ter dificuldade para se manter na ativa, já que a concorrência ficará mais acirrada.

BRISTOL CENTER HOTEL

Minas Gerais é o segundo polo turístico do Brasil. Um estado com estabilidade e grande expectativa de crescimento nos próximos anos. Sede dos jogos da Copa das Confederações em 2013, será destaque na organização da Copa do Mundo de 2014. Belo Horizonte tem o quarto maior PIB entre os municípios brasileiros.

Fundada há 25 anos em Minas Gerais, a Rede Bristol de Hotéis é referência em tradição, qualidade e comodidade. Com mais de 20 hotéis em construção no país, até 2014, a rede tem capital 100% nacional e tem oferecido a seus investidores alta rentabilidade, taxa de ocupação acima da média do país e baixo custo operacional, além de toda a credibilidade, transparência e a confiança da marca Bristol.

BODAS DE PRATA! 25 ANOS ADMINISTRANDO HOTÉIS NO BRASIL

 

Clique aqui para conhecer o BRISTOL CENTER HOTEL

hoteltopo

hotel2

 


O Bristol Center Hotel é conveniado com as maiores empresas do país, o que garante ocupação durante todo o ano.

As outras bandeiras internacionais te mostram a simulação da ocupação, diária e rentabilidade. A mineira Rede Bristol te apresenta a realidade. Acompanhe os gráficos das unidades Bristol já existentes em Belo Horizonte.

A Rede Bristol faz parte da Allia Hotels, a maior rede brasileira de hotéis.

Com mais de 60 anos de experiência acumulada, a Allia Hotels conta com 34 hotéis em operação, mais de 3.000 unidades habitacionais (UHs) e cerca de 1.600 colaboradores. Em número de hotéis, está posicionada como a terceira maior rede do país, com presença em cinco estados brasileiros: Maranhão, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, além do Distrito Federal.

A Allia Hotels traçou um plano ousado de expansão, com a captação de cerca de R$ 1 bilhão para, até o fim de 2015, operar 80 hotéis, com a abertura de novos empreendimentos e a modernização dos atuais.

INVESTIDOR

Saiba porque investir no Bristol Center Hotel.

  • Arquitetura
    O Bristol Center Hotel se tornará o referencial arquitetônico da região.
  • Perto de tudo
    A localização é estratégica, de fácil acesso aos principais corredores de tráfego e com facilidade de deslocamento para toda a cidade.
  • Eventos
    Os eventos internacionais que se aproximam colocarão a cidade em evidência mundial, no centro dos acontecimentos. E Belo Horizonte, hoje, já é um importante centro de feiras e congressos.
  • Turismo de negócios
    Há uma crescente demanda por hospedagem em hotéis em Belo Horizonte, resultado do turismo de negócios, que aumenta a cada ano. Estar próximo dos locais de eventos e das facilidades de transporte que existem no entorno é um excelente benefício.
  • Vantagens
    Além de estar numa região carente de novos hotéis, o Bristol center Hotel tem o melhor preço entre os lançamentos hoteleiros da sua categoria. É o respeito a você, ao seu bolso, ao seu investimento. Porque só quem compra bem pode ter o melhor retorno.

Bristol Center Hotel. Onde todo mundo vai estar e você também não pode perder.

Boulevard Arrudas com Carijós, ao lado do Parque Municipal.

Para quem viaja a trabalho, é fundamental evitar perder tempo com grandes deslocamentos. O Bristol Center Hotel fica próximo de tudo e ao lado dos principais corredores viários da cidade:

  • Ao lado do Parque Municipal, do Palácio das Artes, da Serraria Souza Pinto e da área hospitalar.
  • Próximo da Praça da Estação, da Estação Central do Metrô, do Museu de Artes e Ofícios, da Praça Sete, da Prefeitura e dos Correios.
  • Próximo aos shoopings Boulevard, DiamondMall, Cidade e dos principais bancos, bares, restaurantes, universidades e supermercados.
  • A poucos minutos da Rodoviária de Belo Horizonte e do Mercado Central.
  • Localizado na Linha Verde e com fácil acesso ao Aeroporto de Confins.

A localização é um grande diferencial do Bristol Center Hotel.

  • 16 pavimentos
  • Área construída de 11.465 m²
  • 200 apartamentos
  • Internet banda larga e wireless livre em todo o Bristol Center Hotel
  • Equipe capacitada, envolvida no atendimento 24 horas
  • Fitness Center
  • Salões para eventos
  • Estrutura completa para convenções, palestras e seminários, com 340 m²
  • Restaurante de cozinha internacional
  • Cobertura com piscina de borda infinita
  • Apartamentos confortáveis e espaçosos
  • TV a cabo
  • Café da manhã com quitutes mineiros – incluído na diária
  • Serviço de lavanderia
  • Garagem coberta rotativa
  • Espaço sob o Viaduto Santa Tereza
  • Paisagismo imponente
  • Obras iniciadas