6 DICAS DE VENDAS PARA VENDEDORES DE LOJA


loja-shopping-04

Muitos profissionais iniciam a carreira de vendas em lojas do varejo, principalmente em shoppings e grandes centros comerciais. Esses novos vendedores nem sempre sonharam com a nossa profissão e muitos acabaram por aceitar esse trabalho como “ultima escolha”.

Essa é a triste realidade do nosso país. Mas o artigo de hoje vem com o objetivo de instruir aqueles que desejam vender mais e melhor com 6 dicas para vender mais!

INTRODUÇÃO DE COMO VENDER MAIS EM LOJAS:
Primeiro, é preciso entender que um vendedor de loja deve estar SEMPRE pronto para atender um cliente. Portanto deve estar muito bem arrumado, higienizado e com hálito fresco, para passar uma impressão muito positiva ao cliente.
Segundo ponto em destaque é que os vendedores NUNCA devem posicionar-se na frente da loja, uns próximos dos outros e estáticos, olhando o movimento da rua ou do shopping. Essa atitude pode inibir qualquer cliente, que se sente uma verdadeira “presa” pronta para ser abatida por leões.

Feitas as considerações iniciais, que são muito importantes, vamos a 6 dicas práticas para que você, caro leitor, possa vender mais, ganhar muitas comissões e tornar-se um VENDEDOR BEM SUCEDIDO!

DICA 1: A postura física do vendedor na loja é extremamente importante. NUNCA fique encostado em paredes, prateleiras e balcões. Isso transmite uma ideia de que você não está com vontade de trabalhar para seus clientes.

DICA 2: Esteja SEMPRE à disposição do cliente, para atendê-lo e acompanhá-lo até o momento dele(a) sair da loja. Mas cuidado para não exagerar e acabar incomodando o consumidor, principalmente ao empurrar inúmeras peças de roupas quando ele(a) esta no provador.

DICA 3: Se outro colega da equipe está vendendo melhor que você, procure observar detalhadamente de que modo ele esta trabalhando. Aí está a chance de melhorar seu desempenho em vendas, pois você pode aprender muito. Além disso, peça auxílio ao seu supervisor ou gerente, pois eles tem mais experiência e vão ajudá-lo(a) ou ainda triná-lo(a).

DICA 4: Tenha sempre em mente: “não posso apenas vender. Tenho que conquistar esse cliente para que ele volte e indique-me para seus amigos”. O Super Vendedor não é aquele que vende, mas é aquele que torna seu cliente um vendedor!

DICA 5: Boa vontade é essencial. Se não tiver o produto que seu cliente busca na sua loja, tente localizá-lo em outra loja ou filial. Se não tiver em estoque, anote o pedido e retorne quando chegar o produto.

DICA 6: Fechou a venda e conduziu seu cliente ao caixa?

Anote as informações dele!

Anote seu nome, email, aniversário, telefone e celular! Pergunte a ele qual produto ele ainda vai precisar, se poderá lhe mandar uma mensagem quando o item estiver em promoção, acontecer um lançamento especial, quando tiver uma oportunidade!

Não pense que é obrigação da loja, pois quem vende é VOCÊ!

Eu costumava comprar roupa em uma loja no Shopping  que a vendedora sempre me avisava, por SMS, quando as novas peças que me agradavam chegavam ou entravam em promoção. Ela saiu da loja e foi trabalhar no concorrente. O que aconteceu? Eu fui junto, pois ela continuou a fazer o processo de comunicação. Não vamos julgar se é ético ou não, mas você caro(a) vendedor(a), pode pensar a respeito e reavaliar a forma de atender seu cliente e, principalmente, fazer networking com eles!

Boas vendas e SUCESSO!

Fonte: SUPERVENDEDORES.COM.BR

Anúncios

8 DICAS PARA UMA ENTREVISTA DE EMPREGO EM VENDAS


057-Dicas-de-Recursos-Humanos-8-Dicas-para-uma-Entrevista-de-Vendas-600x250.jpg

É comum nos sentirmos extremamente felizes ao receber uma ligação para agendamento de uma entrevista de emprego, porém essa sensação acaba logo sendo substituída pela ansiedade e insegurança. Sabemos que cada precioso minuto daquela entrevista será crucial para conseguir demonstrar todo o nosso diferencial e conseguir chamar a atenção do selecionador para conseguir a tão almejada oportunidade de trabalho. No artigo de hoje, vamos abordar justamente esse assunto, com 8 dicas para uma entrevista de emprego!

A ENTREVISTA DE EMPREGO:

A entrevista é o momento que o selecionador utiliza para avaliar a postura pessoal do candidato, talvez seja equivocado dizer que nesse momento a primeira impressão é o que fica, mas tenha certeza que ela marca profundamente e poderá te favorecer ou te prejudicar, portanto o cuidado nesse momento é fundamental!

DICA 1 – ENTENDER A EMPRESA:

Hoje com a disponibilidade de informações na internet, uma ação básica é consultar o site da empresa e possíveis notícias em veículos de imprensa, sobre lançamento de produtos, manobras estratégicas, aspectos da cultura, dados financeiros, de mercado e etc.

Há ainda uma ação que pode ser ainda mais assertiva, que é tentar conversar com alguém que atua na empresa, assim poderá realizar um diagnóstico mais preciso acerca do momento da empresa e quem sabe até mesmo a respeito dos seus entrevistadores. Com essas informações poderá entender como você pode ser útil, ou seja, como conseguirá demonstrar que possui as competências desejadas para a vaga.

DICA 2 – MAPEAR O PERFIL DO ENTREVISTADOR:

No primeiro contato com o entrevistador, tentar entender o seu perfil comportamental, desde o aperto de mão, passando pela conversa da sala de espera até o local da entrevista, analisá-lo e verificar se ele possui um perfil mais objetivo, ou seja, que não valoriza longas histórias e prefere fatos e dados ou se de repente ele é uma pessoa que valoriza longas histórias e que gosta de detalhar situações.

Não há uma técnica para isso, podemos dizer que é algo intuitivo e que será fundamental para definirmos qual será a nossa estratégia para essa entrevista. Caso não se sinta confiante na sua percepção se comunique da maneira que se sentir mais confortável.

DICA 3 – REALIZE PERGUNTAS E QUESTIONAMENTOS:

Uma entrevista é um processo de seleção mútuo, onde a empresa está avaliando se o entrevistado tem potencial para ingressar como um novo funcionário e o candidato também está avaliando se quer fazer parte daquela organização!

Sendo assim, demonstre interesse na empresa, realize possíveis questionamentos que possua sobre a área de trabalho, método de gestão, aspectos culturais, ou seja, itens que poderão influenciar na sua decisão de aceitar ou não a oportunidade em questão.

DICA 4 – MANTENHA O AUTOCONTROLE:

É importante ter muito cuidado, pois todos os seus movimentos estão sendo avaliados e cada um desses mínimos movimentos comunicarão algo a respeito do seu perfil, por exemplo, caso demonstre estar nervoso ou desconfortável diante de algum questionamento, dependendo do entrevistador ele poderá interpretar que você não tem habilidade para lidar com situações de pressão.

DICA 5 – COMO ABORDAR OS PONTOS FRACOS:

Quem está selecionando obviamente quer conhecer seus pontos fortes, mas também precisa avaliar seus pontos fracos e verificar até que ponto eles causam impacto e podem comprometer para ocupação da função a qual você se candidatou.

Ao abordar um ponto fraco, o importante é demonstrar que você já possui ciência e já está inclusive trabalhando para melhorar, por exemplo, se o ponto fraco é organização, o ideal seria demonstrar quais ações está fazendo para minimizar esse ponto, participando de cursos, treinamentos, leitura, buscou ajuda de colegas, etc.

DICA 6 – COMO APRESENTAR AS EXPERIÊNCIAS

É muito comum os candidatos apresentarem diversas tarefas, muitas realizações e projetos implementados, porém o fato de ter feito muitas coisas não quer dizer que fez boas coisas. Ao falar dos projetos que já implementou, não esqueça de apresentar quais foram os resultados obtidos, quais ganhos você proporcionou, vale destacar que uma contratação é um investimento e ninguém realiza um investimento onde não enxergue potencial de retorno.

DICA 7 – ENTREVISTA POR COMPETÊNCIAS

Uma técnica de seleção muito utilizada pela área de recursos humanos é a seleção por competências, técnica essa que diz que os comportamentos passados predizem o comportamento futuro.

Antes da entrevista, relembre todos os itens do currículo, já que o entrevistador poderá lhe pedir exemplos de situações passadas, como por exemplo, Cite uma situação onde teve de lidar com um problema de relacionamento na equipe, como foi? Não há escapatória, será necessário utilizar a memória.

DICA 8 – APRENDA COM A ENTREVISTA

Participar de entrevistas é um aprendizado, pois elas nunca serão iguais, uma recomendação é ao sair de cada entrevista, realizar um balanço dos pontos positivos e negativos, e pensar em maneiras de minimizar esses pontos negativos para que consiga se sair melhor das próximas vezes. Assim como tudo na vida, a prática levará a perfeição. Treine, pratique e desenvolva essa habilidade.

CONCLUSÃO SOBRE ENTREVISTA DE EMPREGO

A entrevista assim como qualquer processo de avaliação ao qual somos submetidos nos gera desconforto, insegurança e aflição, o importante nesse momento é estar preparado, com uma estratégia de comunicação bem definida para que consiga demonstrar todas as suas competências e também todos os ganhos que já proporcionou para as empresas onde trabalhou, podemos dizer que dessa maneira com certeza fará o olho do selecionador brilhar.

Boa sorte e muito sucesso na próxima entrevista.

Publicado originalmente em http://supervendedores.com.br/

10