Varandas pequenas e cheias de boas ideias


Varandas pequenas e cheias de boas ideiasvaranda

O verão já está começando e, com ele, surge aquela vontade de curtir a parte mais fresquinha e descontraída da casa: a varanda. E mesmo quem não tem muito espaço por lá pode aproveitar cada cantinho e deixar o ambiente pronto para sediar momentos de descanso e lazer. Na galeria abaixo

Espaço gourmet, área de convivência, cantinho das plantas – são muitos os jeitos de repaginar o terraço.

 

Esta varanda gourmet tem churrasqueira, deque e jardim vertical. Note que os pedriscos foram acomodados ao redor dos deques de madeira. Poupando na escolha de cada elemento, a paisagista Caterina Policonseguiu encaixar no orçamento um belo painel de azulejos coloridos.

Esta varanda gourmet tem churrasqueira, deque e jardim vertical. Note que os pedriscos foram acomodados ao redor dos deques de madeira. Poupando na escolha de cada elemento, a paisagista Caterina Policonseguiu encaixar no orçamento um belo painel de azulejos coloridos.

 

A esquadria da varanda abria parcialmente. Feita sob medida, a atual versão articulada escancara o vão de 2,50 x 2,10 m e conecta o interior à paisagem. “Por fora, a porta é idêntica à anterior, seguindo a fachada do prédio”, comenta a a arquiteta Gina de Paulo.

A esquadria da varanda abria parcialmente. Feita sob medida, a atual versão articulada escancara o vão de 2,50 x 2,10 m e conecta o interior à paisagem. “Por fora, a porta é idêntica à anterior, seguindo a fachada do prédio”, comenta a a arquiteta Gina de Paulo.

 

Relaxar e bater papo. Eis o que a moradora faz na porção da varanda reservada a um tablado de madeira com futon. Vasos esmaltados e banquinhos de polipropileno colorido atenuam a rusticidade. Projeto de Marcia Meccia.

Relaxar e bater papo. Eis o que a moradora faz na porção da varanda reservada a um tablado de madeira com futon. Vasos esmaltados e banquinhos de polipropileno colorido atenuam a rusticidade. Projeto de Marcia Meccia.

 

Para montar o jardim vertical, o morador mandou cortar tábuas de ipê, que foram parafusados em uma das laterais do terraço. A aplicação de uma demão de stain ao ano protege a madeira. - a dona do apartamento não gosta de temperos prontos. Por isso plantou mudas de cebolinha, manjericão e hortelã, entre outras ervas.

Para montar o jardim vertical, o morador mandou cortar tábuas de ipê, que foram parafusados em uma das laterais do terraço. A aplicação de uma demão de stain ao ano protege a madeira. – a dona do apartamento não gosta de temperos prontos. Por isso plantou mudas de cebolinha, manjericão e hortelã, entre outras ervas.

 

O apartamento fica na face leste, banhado por luz solar direta apenas pela manhã. O paisagismo, consequentemente, privilegiou espécies que se dão bem nessas circunstâncias. Projeto da paisagista Juliana Candian.

O apartamento fica na face leste, banhado por luz solar direta apenas pela manhã. O paisagismo, consequentemente, privilegiou espécies que se dão bem nessas circunstâncias. Projeto da paisagista Juliana Candian.

 

Em fachada de prédio não se mexe! Logo, os tijolinhos aparentes originais do projeto permaneceram na varanda, onde a moradora gosta de relaxar e receber os amigos. Para reforçar o estilo rústico do espaço, as arquitetas sugeriram móveis de madeira e ferro. Projeto das arquitetas Elise e Evelyn Drummond.

Em fachada de prédio não se mexe! Logo, os tijolinhos aparentes originais do projeto permaneceram na varanda, onde a moradora gosta de relaxar e receber os amigos. Para reforçar o estilo rústico do espaço, as arquitetas sugeriram móveis de madeira e ferro. Projeto das arquitetas Elise e Evelyn Drummond.

 

Na varanda do apartamento, o jardim vertical é composto de lajotas palha. “Busquei contraste com as cores das plantas que apoiaria nas prateleiras, cada uma formada por quatro tijolinhos”, conta a designer de interiores paulista Cecilia Cruz. Cortadas ao meio, as peças para revestimento, ficaram com 5,5 cm de espessura e deixam ver o rejunte frisado.

Na varanda do apartamento, o jardim vertical é composto de lajotas palha. “Busquei contraste com as cores das plantas que apoiaria nas prateleiras, cada uma formada por quatro tijolinhos”, conta a designer de interiores paulista Cecilia Cruz. Cortadas ao meio, as peças para revestimento, ficaram com 5,5 cm de espessura e deixam ver o rejunte frisado.

 

Uma composição com três nichos de madeira resultou na miniestante que apoia uma bela orquídea. Há lugar, ainda, para vasinhos de tempero e itens de jardinagem, como rastelo e regador. O acabamento rústico dos quadros e os retalhos que estampam a capa da almofada reforçam a atmosfera campestre.

Uma composição com três nichos de madeira resultou na miniestante que apoia uma bela orquídea. Há lugar, ainda, para vasinhos de tempero e itens de jardinagem, como rastelo e regador. O acabamento rústico dos quadros e os retalhos que estampam a capa da almofada reforçam a atmosfera campestre.

 

 

 Fonte: Minha Casa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s