Boas noticias!!!


Vendas de material de construção registram alta de 4,2% em 2009

Segundo a pesquisa interna da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), entidade que representa 138 mil lojas de material de construção no país, o varejo do setor apresentou um crescimento de 4,2% em 2009, em relação a 2008, atingindo faturamento total de R$ 45,04 bilhões.

De acordo com a associação, no mês de dezembro, o crescimento em relação a novembro foi de 4,5%. Já em relação a dezembro de 2008, a alta registrada foi de 20%. “Sem dúvida, crescer 4,2% em relação a 2008, que foi um ano recorde para nosso segmento, foi um resultado extraordinário”, comemora Cláudio Conz, presidente da entidade. “Começamos o ano com retração de 15% no primeiro trimestre e tivemos uma melhora em março e abril, devido especialmente à redução do IPI – Imposto Sobre Produtos Industrializados, promovida pelo Governo Federal. Daí para frente, fomos melhorando mês a mês”, acrescenta.

Expectativas para 2010

Para Cláudio Conz, o setor está aquecido e as expectativas são bastante positivas. “Em 2010, para um crescimento do PIB previsto para mais de 5% esperamos crescer acima de 10%”, explica.

Ele enumera diversos fatores como responsáveis pelas boas perspectivas, como o forte incentivo da continuidade da redução do IPI, que foi prorrogada até 30 de junho, o impacto do programa Minha Casa Minha Vida, desenvolvido pelo Governo Federal e que vai construir um milhão de moradias nos próximos anos, e a ampliação dos financiamentos.

“Tivemos uma percepção do mercado muito positiva, especialmente no último trimestre de 2009,o consumidor está mais confiante e com mais recursos”, comenta. “Vemos um aumento de renda efetivo da população. Além disso, em 2010, os números dos financiamentos habitacionais com recursos da poupança serão recordes, acima de R$ 40 bilhões, e portanto, bem superiores aos R$ 30 bilhões de financiamentos imobiliários efetuados em 2008 e 2009”, esclarece.

Início de ano aquecido

O mês de janeiro já reflete os bons números esperados para 2010. Segundo dados da entidade, o volume de vendas na primeira quinzena do mês já ultrapassa os 10%, valor bem superior ao mesmo período do ano passado. “Em função do excesso de chuvas, a demanda por pequenas reformas está sendo muito intensa”, conta Conz.

Além disso, de acordo com a pesquisa da Anamaco em parceria com a Latin Panel, 2/3 das 55 milhões de habitações brasileiras, hoje, precisam de algum tipo de reforma. “Assim, temos uma conjuntura favorável, devido à combinação de diversos fatores”, completa Conz.

Foco na qualificação profissional

Para Conz, o grande esforço do setor em 2010 será para promover a qualificação dos profissionais da construção. “Para este ano, a Anamaco está preparando novidades, que serão anunciadas nos próximos meses, em parceria com entidades especializadas, como programas e treinamentos. A função da entidade é compartilhar conhecimento. E na medida em que as pessoas estão mais informadas e melhor preparadas para enfrentar o mercado de trabalho, sabemos que isso alimenta um círculo virtuoso, porque gera crescimento de renda e melhora a qualidade de vida das famílias que, por sua vez, aumentam o consumo. Esta é a lógica do nosso mercado”, finaliza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s